As Gordoréxicas

A gordorexia é um distúrbio da própria imagem, pessoas obesas não percebem que estão muito acima do peso. É uma espécie de anorexia invertida, ou seja, quando a pessoa se olha no espelho se acha normal, mas que acaba estando muito acima do peso.

Mesmo obesa, Luana Durant, 23 anos, não se sentia acima do peso. Ela diz que não conseguia se enchergar obesa e que estava satisfeita com o seu corpo. “Para mim eu estava magra e linda. As pessoas achavam um absurdo eu não me achar gorda. Só fui acordar depois que fui ao médico e vi que estva doente”, diz.

O cardiologista Sérgio Hatab  diz que é muito comum esse tipo de distúrbio, principalmente em mulheres. “As pessoas se olham no espelho e veem outra pessoa”,diz. Segundo o médico, muitos pacientes só percebem o quanto estão obesas quando emagrecem.

Veja mais informações sobre o distúrbio no vídeo abaixo:

 

 

Published in: on junho 13, 2010 at 4:05 pm  Deixe um comentário  

As novas Pin-Ups.

Elas parecem ter saido do tunél do tempo. Em tempos de escova progressiva, usam bobes para estruturar os cachos. Deixam o jens de lado, para se jogar nos vestidos e saias de cintura alta, para completar o visual usam sapatos abertos na frente, geralmente mostrando unhas vermelhas.

O termo “Pin-Up” vem da palavra “pendurado” em inglês, imagens feitas para os homens pendurarem nas paredes, como de fato faziam os soldados norte-americanos em guerra.

Pâmella usa e abusa da cintura alta.

Inspiradas em musas americanas dos anos 40 e 50, como Bettie Page, Rita Hayworth e Marilyn Moroe, mulheres de nossa época estão se vestindo e se comportando como se vivesem no passado e fossem verdadeiras Pin-Ups. “Eu estou adorando essa moda de saias e vestidos de cintura alta e curtos, lembra as Pin-Ups. Espero que essa tedência dure bastente tempo”, diz Pâmella Mafra, que usa diariamente saias e vestidos de cintura alta.

Que tal compor um visual pin-up? Capriche nas peças de roupa vintage, xadrez, bolinhas, no olhar ingênuo, mas sensual e na pose, sem cair na vulgaridade.

Aprenda como fazer uma maquigem estilo Pin-Up.

Published in: on junho 12, 2010 at 12:52 pm  Deixe um comentário  

Esforço em vão?

Há momentos que a vida aparece tão injusta! Você decide que desta vez vai emagrecer, matricula-se na academia, compra roupas para malhar e começa a frequentar as aulas. O primeiro mês passa sem que você note nenhuma diferença nas suas medidas, o segundo, o terceiro e o quarto também.

Ai você se pergunta se está fazendo tanto esforço por nada. A resposta é sim, você pode está suando a camisa à toa. A explicação para isso é simples, as pessoas que se exercitam e não perdem tanto peso quanto imaginam, comem mais do que deveriam. “Para emagrecer não tem segredo, só é preciso ingerir menos calorias do que se gasta. Por exemplo se um homem queima 469 calorias jogando futebol e em seguida come um Big Mac e um saco de batatinha, o que dá 710 calorias, todo o esforço foi jogado no lixo”, explica o nutricionista Gustavo Rosa.

Rafaela sai da academia e para na lanchonete.

É o que faz a estudante Rafaela Duarte, 23 anos, Vitória. “Quero perder dois quilos. Mas já que queimei calorias malhando, posso me dar o luxo de comer o que gosto”, diz. Assim que sai da academia, ela para em uma lanchonete e se reabastece de gorduras, mandando pro espaço todo o esforço feito na academia.

Published in: on junho 12, 2010 at 11:32 am  Deixe um comentário  

Até que a primeira crise os separe.

A historia tinha tudo para ser um conto de fadas. Um namorado romântico e dedicado com uma expectativa de um futuro feliz e uma super festa de casamento. Mas apenas 22 dias após dizer o “sim” diante do juiz a estudante Lorena Machado, 26 anos, percebeu que a relação não tinha futuro e se separou do marido, cujo nome ela não prefere dizer.

O que levou Lorena descobrir que em tão poucos dias que seu príncipe era na verdade um sapo? “Parecia que ele gostava mais de jogar futebol com os amigos do que ficar comigo”, disse decepcionada.

Hoje quatro anos depois Lorena mora com a filha, de um outro relacionamento, e a mãe em Jardim da Penha, Vitória. Arrepende-se de ter casado, mas não de ter se divorciado. (audio)

Segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009 poucos casais desfizeram a união no primeiro ano de vida em comum.

Published in: on junho 12, 2010 at 10:41 am  Deixe um comentário  

Desta vez, uma ração para emagrecer.

As prateleiras de mercados e lojas de produtos naturais estão abarrotadas de farinha, cereais e sementes. São esses os ingredientes usados para a produção da ração humana, que virou uma febre para a perda de peso. De acordo com nutricionistas essa mistura promete acelerar o metabolismo, estimular a digestão, nutrir além de regular o intestino. Todos esses benefícios fazem com que seu corpo funcione bem, e ajude a queimar mais calorias, consequentemente, emagrecer.

Indicada para regular o corpo de forma geral, a ração também dá energia. “Comigo funcionou, tomo duas colheres no café. Consegui perder dois quilos e me sinto muito mais disposta”, diz a auxiliar de Departamento Contábil Giovanna Rangel.

Ao que tudo indica, tem muita gente por aí acreditando que o produto é milagroso e que basta comer para emagrecer, mas a coisa não é bem assim. “O que faz com que o emagrecimento ocorra é uma alimentação com menor quantidade de calorias do que a necessidade diária. Nenhum alimento por si só tem a capacidade de levar ao emagrecimento”, afirma a Nutricionista Patrícia Fernandes.

 Saiba como preparar sua ração humana no vídeo abaixo:

Benefícios

 Regula o funcionamento do intestino.

 Ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL.

 Reduz o apetite, o que faz perder peso.

 Limitações

 Não deve ser consumidas por pessoas com alergia a glúten.

 A mistura não é recomendada para pessoa que possui inflamações no intestino.

Para saber mais sobre a ração humana confira a entrevista com a nutricionista Patrícia Fernandes.

Published in: on maio 31, 2010 at 8:53 pm  Deixe um comentário  

Reciclagem de plástico: respeito ao meio ambiente

Não é mais mistério para ninguém que praticar reciclagem é fundamental para a preservação do meio ambiente, além de um ato de cidadania e respeito com as próximas gerações que habitarão o planeta. Ao reciclar, estamos dando vida nova a materiais que acabariam inutilizados em lixões ou poluindo rios e córregos.

O plástico constuma ser  um problemão para o meio ambiente, pelo fato do custo de produção ser baixa. “Esse material é muito consumido em todo mundo. O problema é que o plástico é produzido do petróleo, um combustível fóssil não-renovável, ou seja, um dia acaba. Quando queimado é muito poluente e quando inalado ou ingerido é tóxico”, completa o consultor ambiental Anselmo Dias.

Os plásticos estão presentes em diferentes produtos como eletrônicos, calçados, materiais médico e brinquedos, que por exemplo, são grandes consumidores desse material. As garrafas Pets são as embalagens plásticas mais recicladas do país, com eles pode se fazer vários produtos. Muitas pessoas utilizam a garrafa pet para fazer artesanato, como mostra o vídeo abaixo:

A biodegradabilidade da maioria dos plásticos é muito lenta. Uma garrafa Pet, por exemplo, leva cerca de 500 anos para se destruir na natureza. Por isso, as pessoas devem se conscientizarem do problema e enquanto não inventam um material para substituí-lo, é muito importante reciclá-lo.

Published in: on maio 11, 2010 at 1:33 pm  Deixe um comentário